quarta-feira, maio 10, 2006

E agora...bedtime!

Pois é, já se faz tarde e tinha prometido a mim mesma que hoje ia chegar a casa e ia direitinha para a cama! Ai estas promessas pessoais que faço e que não cumpro (estas como tantas outras, muitas e tantas vezes tão mais importantes, e fico cá com uma raiva..)...
Não que tenha ficado aqui às voltas em frente ao computador (rotina usual nos minutinhos - que às vezes se tornam horas! - antes de dormir). NÃO, desta vez fiquei-me pelo sofá (muito mais confortável, há que dizê-lo) a ver um filme típico de fim de noite nos canais portugueses (que se for bem espremidinho até tinha a ver com jornalismo...ahahah), como se tivesse que fazer horas para outra coisa qualquer, quando tudo o que o corpo pedia era CAMA, umas boas horas de sono.

Mas passando ao que interessa, não podia (de todo) deitar-me sem partilhar a tarde que tive hoje. E que me soube tão bem! Fui pela primeira vez ao cortejo da queima do Porto (ah, e dizem vocês - e tão bem - mas já foste a tantos de Coimbra). Sim, é verdade! Mas este foi diferente. Talvez porque estava em casa... não no sentido universitário, mas na vertente pessoal da coisa...

QUE TARDE BEM PASSADA! É tão bom chegar ao fim de tantos anos de existência na mesma cidade (se calhar mais Miramar do que Porto, mas para o que falo a distinção não interessa - sim porque ela existe!) e agora, sim, gostar verdadeiramente de cá estar. Ser feliz! Não que antes não gostasse, ou que ultimamente tenha vindo disso a duvidar (nunca!), mas sinto que hoje tive a confirmação do quanto gosto mesmo disto! Sem qualquer medo, sem qualquer fragilidade...
(e guardarei comigo, para aqui ficar e não partilhar, o porquê disto, mas acreditem que é verdade).

Já não me sinto (como às vezes acontecia) pequenina. Vá-se lá entender estas coisas que sentimos de vez em quando e que teimam paralisar once in a while! Sinto-me grande e capaz de tudo. E nisto consegui uma vitória.

E para isto contribuem as grandes amigas que tenho (sim, vocês 7 Magníficas!), que tanta coisa em ensinam, que tanta coisa simplificam, que estão sem precisarem de dizer nada...porque com isso me mostram tanto! Gosto de me sentir à vontade... GOSTO DE VOCÊS! MUITO!

Grandes mudanças tenho sentido nestes últimos tempos...
Agora só me falta ganhar coragem para "ganhar o mundo" (sem perder a alma, claro!) e fazer-me ao caminho do trabalho, da realização profissional...
Só isso para me sentir verdadeiramente completa...
Porque o resto vem por acréscimo!

Sinto-me bem...

Um grande beijo a todos de quem tanto gosto...
E que gostam de mim!:)

P.S. E não falo em vocês simplesmente porque alguém;) um dia me perguntou se já tinha escrito alguma coisa sobre ou para vocês (que isto de ter blogs deixa sempre muita coisa no ar!). Escrevo porque sinto, e nisso está a minha verdade de Maria!

2 Comments:

Blogger pim said...

Dona Mary, mais uma vez a deliciar-me com as suas palavras, tão certas, tão bem aplicadas que até me fazem olhar para estes textos como verdadeiras obras de arte (sim, porque disso entento eu);o)
já há algum tempo que fazes parte da minha, mas agora tb começas a entrar no meu coração. ÉS liinda!!!

10 maio, 2006 19:48  
Blogger PKT said...

Mary, és linda!
Adoro-te muito mesmo!!!
Gostei muito do p.s. sei que foi para mim!!! (Um p.s. só para mim, tou comovida eheheh!!!)Acho que ja percebeste que sou... beijo enorme.

14 maio, 2006 18:49  

Enviar um comentário

<< Home