sábado, abril 23, 2005

E se me cantassem isto...

Escrevo só eu sei , onde tu estiveres eu estou bem. Tudo começa sempre quando não se está à espera de mais ninguém, um primeiro olhar, pronto para começar o segundo e o terceiro. Rezo para que desta vez seja tudo verdadeiro! Lanço a palavra no papel, a resposta sabe-me a mel, a mais sincera de todas as artes fica sempre no pincel. Depois disso vamos trocando apenas as imagens, e só ao fim de muito tempo começamos com mensagens. Ficamos os dois várias vezes a conversar, olhar atrás de olhar, mas o primeiro passo fica sempre por dar. Será que existe a tal connection? Mesmo não estando nada à vista, a única coisa de que estou certo é de seres a minha soul sister. Talvez seja por ambos não gostarmos de coisas muito fáceis, mas se for para dar certo, os meus tempos não são frágeis. Vou-me sentar a esperar, porque o que eu sinto só eu sei. Vou sonhar e viajar para acordar com esse alguém.

Quero ver-te outra vez, quero ter-te outra vez
Eu não peço de mais, à tua espera
(espero por ti)
Às vezes penso que poderia ser tudo bem mais fácil, porque cada minuto sem ti um homem sente-se mais frágil. Isto deveria ser uma canção de amor, mas é um simples desabafo. Por isso baby, ah, sigo com mais um bafo. Só eu sei quantas vezes fiz tudo para te ver, só eu sei quantas vezes não consegui adormecer. Só eu sei quantas vezes tentei respirar o ar que respiras, sentir o que tu sentes, viver as duas vidas. But i’m feeling good, espero que sintas o mesmo neste momento, a vida são dois dias e ninguém pára o nosso tempo. O teu sorriso passa tudo o que já eu tenha visto e é por isso que eu persisto (and i will go), eu insisto. Dá-me mais, quero mais, sempre mais, quero conhecer os teus ideais, compreender para onde vais a seguir. Mas por agora o melhor talvez seja eu estar bem sozinho.
P.s. fica a dica, baby, eu sigo o meu caminho

Quero ver-te outra vez, quero ter-te outra vez
Eu não peço de mais, à tua espera
(espero por ti)

Então Max, amigo, o que é que se passa contigo? Vejo-te diferente, vejo o centro do teu mundo mesmo à minha frente. Não sei se sou a pessoa mais indicada para te poder aconselhar, respeita o que eu opino, até te posso ajudar! Por vezes na vida temos estes momentos, que levanta o nosso ego, que nos dá inspiração. Em tudo o que fazemos pensamos com o coração, idealizamos frequências no nosso meio comum, nos pequenos pormenores investigamos um a um. Isto podia ser a minha terceira parte, mas é a tua, por isso vai com calma e não te esqueças. O que é teu é teu, e será não queiras que a hora chegue já. Seja quando for, seja quando tiver que ser, seja o que seja, de passo a passo, há-de acontecer. E aí chega a tua vez!
Quero ver-te outra vez, quero ter-te outra vez
Eu não peço de mais, à tua espera
(espero por ti)

(Expensive Soul - Quero ver.te outra vez)





3 Comments:

Blogger quilas said...

Eras uma miúda cheia de sorte... dependendo das circunstâncias... mas eras uma miuda cheia de sorte na mesma!

27 abril, 2005 01:52  
Anonymous PhoeniX said...

A música é linda...tou a pensar em dedica-la a uma pessoa muito especial para mim... para ela perceber como a adoro..
Se te cantassem isto..interpreta como uma declaração...

20 maio, 2005 01:08  
Blogger maria said...

seria bom descobrir que no amor "ninguém manda, ninguém reina"...as coisas acontecem. Simplesmente!! Comigo uma declaração destas mexia! Ainda bem que escolhes a verdade do teu coração..!

22 maio, 2005 17:45  

Enviar um comentário

<< Home